Conheça nossos serviços

Radiocomunicação

11) O que é radiocomunicação?
Radiocomunicação é o termo genérico utilizado para definir o meio de comunicação via rádio. A radiocomunicação pode ser de dados (internet via rádio, sistemas de transmissão de dados) ou de voz (rádios que transmitem conversações). Existem várias finalidades como o radioamadorismo, radiocomunicação comercial, supervisão e controle, serviço de rádio-táxi, móvel marítimo, móvel aeronáutico, entre outros. O objeto de nosso trabalho é a radiocomunicação rural, que se destina à coordenação de grupos de trabalho para fins de produção de bens e serviços. Nosso público é formado na grande maioria por pessoa física, como produtores rurais e autônomos. Segmento corporativo, empresas de médio e pequeno porte.
22) Em que a radiocomunicação difere de outros meios de comunicação?
Comunicação em grupo de 10, 20, 30 ou mais pessoas integradas no mesmo canal, muito utilizada por concessionárias de água, eletricidade, segurança pública, indústrias de grande, médio e pequeno porte. Interação imediata de todos com todos. Diferente de operadoras de celulares onde o serviço é de no máximo até três usuários. Outra vantagem é que o serviço pode ser moldado exatamente à necessidade do cliente.
33) Quais são as vantagens e desvantagens sobre os outros meios de comunicação?
A radiocomunicação comercial tem muitas vantagens sobre outros meios de comunicação: a) O serviço não é tarifado, após o investimento no equipamento utiliza-se à vontade 24 hora por dia sem custos adicionais. b) pode ser customizada sob medida com o objetivo de atender a necessidade de sua empresa. c) instrumento eficaz na coordenação de equipes e frentes de trabalho, já que todos os usuários se inteiram em tempo real do andamento do serviço. d) durabilidade do equipamento de pelo menos cinco anos, ao contrário de aparelhos celulares/nextel. e) robustez: os equipamentos profissionais de boa qualidade atendem aos requisitos de normas militares no que diz respeito a temperatura e impacto, tornando o custo/beneficio ainda mais atraente.
44) A radiocomunicação demanda que tipo de investimento, e em que monta?
Os valores são diretamente proporcionais a quantidade de terminais e a área de cobertura que se pretende prover. Existem rádios portáteis, móveis, fixos, repetidores. Cada um deles tem por finalidade a execução de uma tarefa específica e de modo geral compõem um sistema. Os sistemas variam de complexidade conforme a necessidade do cliente. Há sistemas simples formados apenas por rádios portáteis, podemos citar como exemplo os rádios que operam em estacionamentos, supermercados, etc. Há sistemas mais complexos como os que operam em shoppings centers, neles existem uma repetidora ou mais dependendo da estrutura do prédio, andares, subsolos, geralmente existe um rádio base que monitora e distribui tarefas entre as diversas frentes de trabalho, manutenção, limpeza, segurança entre outras. Há sistemas com complexidade maior. Tais casos geralmente se aplicam a clientes corporativos. A Cesp, por exemplo, tem um sistema cuja cobertura abrange grande parte do Estado de São Paulo, possui muitas repetidoras, que interligam regiões transmitindo os sinais de uma localidade à outra e assim sucessivamente. Quanto à modulação os sistemas podem ser analógicos ou digitais.
55) A radiocomunicação permite comunicar-se com qualquer pessoa?
Apenas com pessoas que façam parte do sistema de rádio, geralmente o usuário é funcionário ou prestador de serviço em alguma das empresas citados.
66) Existe algum controle sobre a radiocomunicação?
Como as ondas de rádio trafegam no espectro radioelétrico, que é um bem público, em nosso país tal serviço é regulamentado pela Anatel. Apenas à titulo de informação o Ministério das Comunicações regulamenta serviços radiodifusão AM e FM, Tv’s e outros veículos de comunicação de massa.
77) Como a radiocomunicação interfere no dia-a-dia de uma empresa?
Sem dúvida positivamente, pela capacidade de gestão e organização que proporciona a seus gerentes, bem como pelo excelente custo benefício advindo deste meio de comunicação eficaz, eficiente e econômico. Aumenta a produtividade, uma vez que as informações circulam de modo rápido e coordenado entre os integrantes das frentes de trabalho.
88 ) Quais são os cuidados que devemos ter quando da aquisição de serviços e produtos de radiocomunicação?
Adquirir produtos homologados e conhecer pessoalmente as empresas/profissionais que instalarão os equipamentos. Solicitar se em seu portfólio consta uma lista de clientes atendidos, verificar se estão satisfeitos, não outorgar procurações à terceiros desconhecidos principalmente engenheiros projetistas o prejuízo pode ser grande. Fonte: Aerbras

Repetidores VHF

Repetidora é um conjunto de equipamentos, normalmente instalados em locais de altitude elevados, e que tem a capacidade de receber um sinal e retransmiti-lo ao mesmo tempo, em duas frequências diferentes


Sistemas PABX

PBX significa Private Branch Exchange ou ainda PABX para Private Automatic Branch Exchange (troca automática de ramais privados). É uma rede de telefonia privada usada por uma empresa. Os usuários de um sistema de telefonia PBX compartilham um número de linhas externas para a realização de chamadas externas


Sistema de Energia Solar

1 O Painel Solar gera a energia solar fotovoltaica
O Painel Solar reage com a luz do sol e produz energia elétrica (energia fotovoltaica). Os painéis solares, instalados sobre o seu telhado, são conectados uns aos outros e então conectados no seu Inversor Solar:
2O Inversor Solar converte a energia solar para a sua casa ou empresa
Um inversor solar converte a energia solar dos seus painéis fotovoltaicos (Corrente Continua - CC) em energia elétrica que pode ser usada em sua Casa ou Empresa para a TV, Computador, Máquinas, Equipamentos, e qualquer equipamento elétrico (Corrente Alternada - AC) que você precise usar :
3 A Energia Solar é distribuida para sua casa ou empresa
A energia que sai do inversor solar vai para o seu "quadro de luz" e é distribuída para sua casa ou empresa, e assim reduz a quantidade de energia que você compra da distribuidora.(*1)
4 A Energia Solar é usada por utensílios e equipamentos elétricos
A energia solar pode ser usada para TVs, Aparelhos de Som, Computadores, Lampadas, Motores Elétricos, ou seja, tudo aquilo que usa energia elétrica e estiver conectado na tomada.
5O excesso de energia vai para a rede da distribuidora gerando créditos!
O excesso de eletricidade volta para a rede elétrica através do relógio de luz (relógio de luz bi-direcional). Esse relógio de luz mede a energia da rua que é consumida quando não tem sol e, a energia solar gerada em excesso quando tem muito sol e é injetada na rede da distribuidora. A energia solar que vai para a rede vira "créditos de energias" (*3 e *4) para serem utilizado de noite ou nos próximos meses. Em outras palavras: você produz energia limpa com a luz do sol e reduz a sua conta de luz!! (*1) - Cada distribuidora de energia tem as suas regras e as exigências para conectar o seu sistema de energia solar fotovoltaica na rede elétrica e, variam bastante. Por isso é importante você solicitar até 3 orçamentos de empresas experientes que possam ir até o seu local para fazer uma avaliação e lhe passar um orçamento fechado para o seu sistema fotovoltaico. (*2) - O seu relógio de luz antigo vai ser substituído por um relógio de luz novo que é "bidirecional" (mede a entrada e a saída de energia ). Desta forma ele será capaz de medir a energia que você consome da rede elétrica e medir também a energia gerada em excesso pelo seu sistema fotovoltaico que é injetada na rede assim gerando "créditos de energia" (3). (*3) - Os "Créditos de Energia" são medidos em kWh. Para cada kWh gerado em excesso pelo seu sistema solar fotovoltaico você recebe 1 crédito de kWh para ser consumido de noite ou nós próximos meses. Esse crédito é contabilizado pelo seu novo relógio de luz bidirecional e é medido pela sua distribuidora de energia. Desta forma, no final do mês quando você receber a sua conta de luz, você vai ver quanto de energia consumiu da rede e quanta energia injetou na rede. Se injetar mais na rede do que consumiu você terá créditos de energia para serem usados nos próximos meses. (4). (*4) - Os créditos de energia são regulamentados pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) possuindo regras específicas que variam de acordo com a sua localização e sua classe de consumo (residência, comercial ou industrial). Na página "A REGULAMENTAÇÃO DOS CRÉDITOS DE ENERGIA SOLAR" fazemos um resumo de como esse sistema de créditos funciona. De qualquer forma, isso é uma coisa que a empresa que vai instalar o seus painéis solares sabe e vai poder lhe explicar quando estiver fazendo o seu orçamento.

Montagem e instalação de torre

Telefones para fazenda
Licenciamento Junto á Anatel
Soluções em link de dados

Implantação de torre de telecomunicação A torre de transmissão é parte fundamental na infraestrutura de um sistema de comunicação

 
ENTRAR EM CONTATO